A partida entre as equipas GeekCase e pRoNetAgEm, a contar para o campeonato nacional de Counter-Strike da segunda divisão está a gerar polémica entre a comunidade, por alegados “arranjos” de resultados. E o caso já está a ser investigado pela Inygon, a empresa responsável pela organização do campeonato, que junto ao conselho de arbitragem iniciou um processo de investigação para apurar a veracidade do resultado e eventuais interesses associados, avança a Fraglider.

Em causa está uma “estranha” derrota da pRoNetAgEm por 16:14, com decisões incompreensíveis dos respetivos jogadores que levaram a comunidade a desconfiar de “match fix” entre as equipas. A equipa derrotada ocupava o primeiro lugar da tabela, com os mesmos 15 pontos da EGN e n0buc3, ao passo que a GeekCase se encontrava no meio, com apenas 6 (9 com esta vitória).

Um dos aspetos que mais causou desconfiança na comunidade foram as probabilidades de vitória (odds) entre as duas equipas terem mudado. Inicialmente os pRoNetAgEm tinham 1.3 de odds, mas depois passou para 2.06, levando a crer que “muita gente” apostou na equipa adversária, Geekcase, como a “adivinhar” a sua vitória. Os fãs que assistiram à partida referem ainda decisões muito estranhas da equipa derrotada, desde “brincadeiras” sem utilizar o colete de kevlar e capacete, mesmo com dinheiro suficiente para comprar. Ou jogadores que puxavam pelo meio do mapa sem suporte de utilidade do colega.

É referido que a Inygon tem mão pesada nos casos de equipas apanhadas a combinar resultados, tendo havido situações de expulsão permanente de jogadores.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.