O capitão da seleção do Brasil, Thiago Silva, teceu duras críticas a Lionel Messi após a derrota canarinha diante da Argentina, com um golo apontado precisamente pelo craque do Barcelona.

O defesa central do PSG acusa Messi de influenciar a ação dos árbitros durante os jogos.

"Ele procura meios de forçar o árbitro a dar-lhe situações de falta ou lances perigosos, tem tido esse tipo de reação. Isso não é desculpa, nem nada. Estávamos a conversar com alguns jogadores que atuam em Espanha. Ele procura comandar o jogo, isso é difícil, pois o árbitro tem de apitar as coisas que são. Ele [Messi] chutou a bola para fora e acho que isso é falta de respeito", afirmou Thiago Silva.

"Se fosse o Casemiro, 'ah, esse aí é bandido, não vale nada'... A gente fica refém dessa situação, os árbitros têm de deixar essa situação para fora. Quando está dentro de campo tem que apitar o que é falta e o que não é, não o pode deixar tomar conta de todos os jogos", referiu ainda o defesa.

Thiago Silva considera que Messi só não consegue ter uma forte influência sobre os árbitros na Liga dos Campeões.

"Ele só não tem essa vantagem na Champions, porque os árbitros são mais rígidos. Não o vemos a tentar comandar tanto. Mas na Espanha, jogando pela Argentina, principalmente num país que não é conhecido pelo futebol... Há árbitros que não conhecemos tão bem e, pela admiração, começam a puxar para o lado dele. Como não tínhamos Neymar do nosso lado, ficámos em desvantagem", vincou.

"Hoje o Messi quis apitar o jogo. Discutia com o árbitro e ele ria-se. Eu acho que a admiração neste tipo de jogos tem de ficar de lado", observou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.