A Assembleia-Geral da SAD do Benfica aprovou hoje o Relatório e Contas do exercício 2019/20, que apresentou um resultado positivo de 41,7 milhões de euros.

“Este resultado fica próximo do melhor de sempre da Sociedade, correspondendo a uma melhoria de 48,7% face ao período homólogo e tratando-se do sétimo exercício consecutivo em que a Benfica SAD termina o ano com lucro”, indicou o Benfica no seu sítio na internet.

As contas referem-se ao período compreendido entre 01 de julho de 2019 e 30 de junho de 2020, no qual foi apurado, em base individual, “um resultado líquido positivo de 41.705.364 euros”.

“Tivemos o segundo melhor resultado de sempre com 41,7 milhões de euros. Tivemos uma redução do passivo e ainda um ligeiro crescimento do ativo. Temos hoje capitais próprios acima de 160 milhões de euros. Do ponto de vista estritamente económico-financeiro, foi um ano de grande sucesso", analisou Domingos Soares de Oliveira, CEO do Benfica, em declarações à BTV.

De igual modo, foi aprovada a proposta de aplicação de resultados, com transferência do montante de 2.085.268 euros (correspondente a 5% dos lucros apurados neste exercício) para reforço da reserva legal e uma transferência de 39.620.096 euros para resultados acumulados.

Na AG foi também aprovado um voto de confiança ao Conselho de Administração e ao Conselho Fiscal, bem como aos respetivos membros e ainda ao Revisor Oficial de Contas, pelo exercício dos seus cargos durante o período compreendido entre 01 de julho de 2019 e 30 de junho de 2020.

“Foi uma Assembleia muito interessante. Temos hoje uma realidade positiva praticamente em todos os níveis do ponto de vista de resultados. Foi a melhor de sempre da SAD em termos de receitas, quase 300 milhões de euros (294 milhões de euros)”, completou Domingos Soares Oliveira.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.