O Brasil é o país que mais produz jogadores profissional de futebol e é também de longe o mais representado.

De acordo com um estudo do Observatório do Futebol, o país destaca-se com 2742 jogadores nas 132 ligas estudadas.

Os jogadores brasileiros têm ainda uma utilização acima da média: 1203 minutos por ano, quando a média total nos campeonatos domésticos é de 1133 minutos.

Apenas um país conta com mais de 2000 futebolistas representados nos campeonatos estudados: A Argentina.

Segundo o ranking, a equipa europeia mais representada é a França (3.º), seguida da Espanha em 5.º. Já Portugal fecha o top-20, com 824 jogadores, com uma média de 1003 minutos de utilização.

Brasil continua a ser de longe o país mais representado nos campeonatos de futebol a nível mundial
Brasil continua a ser de longe o país mais representado nos campeonatos de futebol a nível mundial

A análise do Observatório do Futebol conclui que o Brasil emerge como a principal potência exportadora de jogadores de futebol. Os países europeus com os campeonatos mais competitivos aparecem todos no Top-10: França (3.º), Espanha (5.º), Inglaterra (7.º) e Alemanha (8.º). Argentina (2.º), Colômbia (4.º), Sérvia (6.º), Japão (9.º) e Holanda (10.º) também integram o Top- 10.

O 'CIES' estudou a origem de 55.865 jogadores de futebol que jogaram durante o ano civil de 2019 em 132 ligas da primeira ou segunda divisão de 93 países, em todos os continentes.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.