A AD Camacha anunciou hoje que chegou a um acordo com o antigo futebolista Maniche, que teve uma parceria com o clube madeirense, para a interrupção da criação de uma Sociedade Anónima Desportiva (SAD).

"A Associação Desportiva da Camacha informa que chegou a um entendimento com o antigo internacional português, Nuno Ricardo de Oliveira Ribeiro (Maniche), para interromper definitivamente o processo de constituição de Sociedade Anónima Desportiva (SAD), registando, não obstante as divergências tornadas públicas, o empenho de ambas as partes numa solução extrajudicial", publicou o emblema insular na sua página oficial na rede social Facebook.

No comunicado, assinado pelo presidente Celso Almeida, foi revelado que irá ser retomado o "anterior modelo de gestão desportiva", em que os "termos concretos" do projeto serão tratados pela futura direção da AD Camacha, já que irão ser realizadas eleições em junho.

Logo após ter sido confirmada a despromoção do Campeonato de Portugal, o emblema madeirense anunciou o fim da parceria com Maniche, que seria o futuro presidente da SAD, alegando "incumprimento contratual" e acusando o antigo médio de "grande instabilidade e ausência", o que acabou por "prejudicar o desempenho desportivo".

Maniche respondeu de imediato, assegurando que fez "todas as obrigações", ao pagar "todo o investimento" prometido, considerando "inverdades" as acusações de Celso Almeida.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.