De acordo com a BBC, o Chelsea estará já iniciado movimentações para abandonar a Superliga Europeia. Segundo aquela estação de televisão britânica dá conta, o clube londrino estará a preparar a documentação necessária para solicitar a sua retirada da lista de clubes fundadores da competição.

De acordo com a BBC, o Chelsea estará já iniciado movimentações para abandonar a Superliga Europeia. Segundo aquela estação de televisão britânica dá conta, o clube londrino estará a preparar a documentação necessária para solicitar a sua retirada da lista de clubes fundadores da competição.

Os responsáveis dos 'blues' parecem assim querer recuar, face à polémica levantada pelo anúncio oficial da prova pelos seus 12 clubes fundadores e perante a pressão dos adeptos que esta tarde se deslocaram a Stamford Bridge para contestar a integração do clube na Superliga Europeia.

Uma manifestação na qual Petr Cech, antiga estrela do clube, teve de intervir para acalmar os ânimos.

City pode seguir o exemplo

Esta manhã, outro órgão de comunicação britânico, o jornal 'The Guardian', escrevia que que para além do Chelsea também o Manchester City estaria hesitante em continuar entre os clubes fundadores da Superliga Europeia. De acordo com essa publicação, muitos do que se opõem a esta nova competição acreditam que só menos de metade dos 12 clubes pretende avançar com a competição à revelia de UEFA e FIFA.

Esta tarde surgiram novos relatos a afirmar que o clube de Manchester estaria também a pensar 'roer a corda'. O 'The Telegraph' fala de uma nova posição por parte dos 'cityzens' em relação à Superliga Europeia, escrevendo que estes poderão seguir o exemplo do Chelsea. Uma notícia que surge algumas horas depois de Pep Guardiola, treinador do clube, se ter também afirmado não ver com muito bons olhos a nova competição.

A Superliga Europeia, anunciada na noite de domingo, motivou enorme polémica desde então no mundo do futebol europeu, com ameaças por parte de UEFA e FIFA e com o presidente da nova competição, Florentino Pérez, a garantir que esta pretende apena "tentar salvar o futebol".

Em Espanha falam de cláusula que pode permitir saída do Barcelona

Mas a debandada por não se ficar por aqui.

Em Espanha, o o jornal 'Sport' cita a TV3 e escreve que os sócios do FC Barcelona podem vir a impedir a entrada do clube como fundador da Superliga Europeia na próxima Assembleia Geral dos 'blaugrana'.

Joan Laporta, eleito presidente da formação catalã a 8 de março, terá exigido que no domcumento da fundação da nova competição fosse colocada uma cláusula que ditava que seriam os sócios a ter a última palavra sobre a participação do Barça.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.