O FC Porto viaja até à Bélgica para defrontar no “play-off” o Genk, um adversário ao alcance dos “dragões”, tal como o do Sporting, os dinamarqueses do Brondby, e do Marítimo, o BATE Borisov, campeão da Bielorrússia.

Sete anos após a conquista da taça UEFA (2002/2003) com José Mourinho ao comando da equipa, o FC Porto regressa agora à Liga Europa curiosamente com André Villas-Boas.

O actual técnico portista já avançou que está nesta competição para vencer e o Genk surge como o primeiro alvo a abater. O FC Porto chega ao encontro da primeira-mão moralizado pela vitória conquistada na primeira jornada do campeonato frente à Naval 1º de Maio.

Pelo seu lado o Sporting depois de ter defrontado e vencido o Nordsjælland na terceira pré-eliminatória da Liga Europa, tem agora mais uma equipa dinamarquesa pelo caminho: o Brondby.

O técnico do Sporting, Paulo Sérgio, quer esquecer a derrota que averbou frente ao Paços de Ferreira na primeira jornada do campeonato e aproveitar este jogo a meio da semana para vencer em Alvalade e dar ao público leonino uma exibição mais em consonância com aquilo que considera que a formação verde-e-branca pode e deve fazer.

Recorde-se que no ano passado os leões caíram nesta competição apenas nos oitavos-de-final aos pés do Atlético de Madrid, equipa que venceu a prova europeia.

Por último, entra também hoje em campo o Marítimo. A equipa insular para chegar ao play-off de acesso à Liga Europa teve de disputar previamente duas eliminatórias frente ao Sp. Fingal e ao Bangor City, respectivamente. Nas duas ocasiões os madeirenses passaram com distinção. Em quatro jogos, resultantes das duas eliminatórias, a formação verde-rubra somou quatro vitórias.

Agora neste play-off, o Marítimo tem pela frente o Bate Borisov, o campeão da Bielorrússia e um clube com alguma experiência de Liga dos Campeões. A formação bielorrussa perdeu este ano a terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões e por isso acabou relegada para a Liga Europa.

O Marítimo entrou com o pé esquerdo no campeonato ao perder em casa frente ao Vitória de Setúbal por 1-0. O treinador Mitchell Van der Gaag considera que esse resultado faz parte do passado e espera que a sua equipa concretize em golos as oportunidades que criar, pois os seus jogadores nos últimos encontros têm pecado nesse capítulo.

O encontro Bate Borisov – Marítimo joga-se esta quinta-feira às 17h30, segue-se depois o Genk – FC Porto às 19h30 e o Sporting - Brondby a partir das 20h30.

Veja a antevisão destes três jogos aqui, em vídeo, feita pelo jornalista Rui Tovar.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.