O 'capitão' da seleção portuguesa de futebol, Cristiano Ronaldo, apelou hoje ao sonho de vencer o Campeonato da Europa de futebol de 2016, após a vitória frente a País de Gales, por 2-0, na meia-final.

"Vai ser um jogo complicado, tanto a Alemanha como a França já ganharam europeus e mundiais, nós já estivemos numa final e sonhar é grátis, há que sonhar", afirmou o avançado do Real Madrid, que foi eleito o melhor jogador em campo, em declarações na zona mista.

Cristiano Ronaldo igualou o recorde de golos do francês Michel Platini em fases finais de Europeus, ao apontar o seu nono tento, mas desvalorizou o feito.

"As coisas surgem de uma maneira natural, não procuro bater recordes, como ocorreu no clube e na Liga dos Campeões, é sempre bom, sinto-me feliz, porque é resultado do meu trabalho, mas o mais importante foi a equipa ter jogado bem e acreditado até ao fim", rematou.

A seleção portuguesa de futebol qualificou-se hoje pela segunda vez para uma final de um Campeonato da Europa, reeditando o feito de 2004, ao vencer País de Gales, por 2-0, em Lyon, no jogo das meias-finais, com golos de Cristiano Ronaldo, aos 50 minutos, e Nani, aos 53.

"A equipa ainda não ganhou nada, mas estamos mais próximo", frisou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.