O ex-internacional português Deco, de 36 anos, anunciou o final de uma carreira de 17 anos, que o levou a representar a Seleção Nacional de futebol.

«É com muita tristeza e pesar que comunico o fim da minha carreira como atleta profissional. Os últimos minutos na quarta-feira pelo Fluminense foram os últimos dos 17 anos dentro de campo como jogador de futebol. Gostaria muito de continuar até ao final deste Brasileiro e ajudar a colocar a equipa novamente na Libertadores», explicou o antigo internacional português, através de comunicado. «Gostaria muito de ter ajudado muito mais o Fluminense, mas o meu corpo não me permitiu».

O camisola 10 agradeceu «a todos o carinho e a confiança» e explicou que «os músculos não suportam mais».

Deco chegou a Portugal em 1997, primeiro para ingressar no Benfica, mas acabaria por jogar no Alverca, clube satélite dos encarnados, na altura presidido por Luís Filipe Vieira, atual presidente do Benfica. No ano seguinte rumou ao Salgueiros e daí partiu para o FC Porto, onde despontou e esteve seis anos. Seguiram-se o Barcelona e o Chelsea, antes de regressar ao Brasil, em 2010.

Estreou-se pela Seleção Nacional em 2003, depois de ter obtido a naturalização portuguesa, e foi internacional 75 vezes, marcando cinco golos.

Veja aqui a entrevista do jogador ao SAPO Desporto, inserida na rubrica Um Oceano de Histórias.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.