O jornal 'Mundo Deportivo' garante que a UEFA ofereceu "uma importante verba monetária" aos clubes ingleses para que estes abandonassem, como está a acontecer, a Superliga Europeia.

De acordo com aquela publicação, não foi só a pressão exercida pelos adeptos, jogadores e treinadores a convencer Arsenal, Chelsea, Tottenham, Manchester United, Liverpool e Manchester City a desistirem da competição, tendo havido lugar a um 'incentivo extra' por parte do organismo máximo do futebol europeu.

O 'Mundo Deportivo' sublinha que a UEFA não terá oferecido as mesmas condições financeiras aos clubes espanhóis e que esta considera Real Madrid, Atlético de Madrid e Barcelona os seus principais inimigos neste momento.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.