A equipa treinada pelo português Jaime Pacheco, o Beijing Guo’ A n, voltou a empatar (1-1), pela segunda vez na mesma semana, mas manteve o segundo lugar na Super-Liga chinesa de futebol.

No final da 11ª jornada, o Beijing Guo’ A n soma 22 pontos, menos três que o Guangzhou, a única equipa ainda invicta do campeonato.

No sábado à noite (hora local), a equipa de Jaime Pacheco empatou em casa frente ao actual detentor do título, o Shandong, que ocupa o sexto lugar da tabela, com 18 pontos.

O Beijing Guo’A n permanece, contudo, a equipa mais goleadora da prova, com 22 golos, e tem dois jogadores, ambos estrangeiros, entre os quatro melhores marcadores da temporada

Jaime Pacheco começou a orientar o Beijing Guo’ A n há seis meses.

Trata-se de um dos mais prestigiados clubes da China, fundado em 1992, quando a profissionalização do futebol foi autorizada, e em 2009 sagrou-se campeão do país, mas na última época ficou em quinto lugar e, entretanto, perdeu quatro dos seus melhores jogadores.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.