Uma grande penalidade concretizada por Miguel Veloso, aos 87 minutos, permitiu hoje ao Sporting perder apenas por 2-1 no reduto do Everton, na primeira “mão” dos 16avos de final da Liga Europa em futebol.

"Mudou as perspetivas do jogo", admitiu.

Segundo Moyes, o Everton estava "mais perto do 3-0 do que do 2-1" e reconheceu que a equipa "devia ter pressionado mais pelo terceiro golo".
Sobre o lance do pénalti, disse que o francês Sylvain Distin devia ter tentado livrar-se da bola, apesar de ter sido vítima de um "mau passe".

"Demos uma oportunidade ao Sporting quando parecia que eles não a teriam", vincou Moyes, que espera, mesmo assim, vencer a eliminatória.

Pressionado pelos jornalistas ingleses a aprofundar as razões da vitória tangencial e as dificuldades que o esperam em Lisboa, Moyes abandonou inesperadamente a conferência de imprensa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.