Fábio Martins, jogador que milita no Al-Shabab, da Arábia Saudita por empréstimo do SC Braga, denunciou esta segunda-feira um ato racista, que aconteceu durante o jogo frente ao Al-Nassr, no passado sábado.

Num publicação nas redes sociais, o português começou por realçar a vitória por 4-0, uma vitória "sem contestação, num estádio e contra um adversário difícil. Seguimos a nossa caminhada com a mesma humildade", antes de abordar um ato de racismo que aconteceu durante a partida, por parte de um elemento técnico do Al-Nassr.

"Atos de racismo não podem ser normalizados no futebol, nem na vida. Muito menos quanto esses atos vêm de um elemento do staff da equipa adversária, que por acaso, também foi jogador, para um jogador da nossa equipa", explica o jogador, sem referir nomes.

"No futebol e na vida, mais do que saber ganhar, há que saber quando o adversário é melhor do que nós, há que saber perder. Que este tipo de episódios não se repitam, para o bem do futebol", acrescentou, concluindo. .

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.