O treinador holandês Guus Hiddink vai assumir a seleção chinesa de futebol de sub-21, com a missão de a qualificar para os Jogos Olímpicos de Tóquio2020, anunciou hoje a Federação Chinesa.

Hiddink, de 71 anos, é mais um nome ‘forte’ na hierarquia do futebol chinês, que conta com o italiano Marcelo Lippi à frente da seleção principal, desde 2016.

“A principal missão é meter mãos à obra para os Jogos Olímpicos de Tóquio2020. Com a direção de Guus Hiddink e da sua equipa, os nossos jovens de sub-21 estarão plenamente focados na realização do sonho olímpico”, refere o organismo.

Na sua carreira de treinador, na qual conquistou uma Taça dos Campeões Europeus, com o PSV Eindhoven, em 1987/1988 – frente ao Benfica -, Hiddink passou pelo Fenerbahçe, Valência, Real Madrid, Bétis, Chelsea, mas também pelas seleções da Holanda, Austrália, Rússia e Turquia.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.