A imprensa desportiva russa dá hoje relevo à pesada derrota do Spartak frente ao FC do Porto (5-2), sublinhando que o jogo na capital russa foi quase uma repetição do pesadelo da equipa moscovita no Estádio do Dragão.

«Quase repetição!», titula o diário desportivo Sport-Ekspress, sublinhando: «A classe de uma equipa consiste em que ela marca quando tem oportunidade, enquanto que o adversário não faz o mesmo».

«Sem esperança!», titula outro jornal desportivo, o Sovietski Sport, e precisa: «O Spartak tentou mudar alguma coisa como podia. E os adeptos não abandonaram as tribunas, na esperança... Mas que esperavam? Se esperavam que o Porto marcasse mais um golo não se enganaram. Se esperavam que o Spartak lutasse até ao fim, não obstante tudo, também não».

O jornal eletrónico “Notícias Russas” ironiza a propósito da segunda pesada derrota do Spartak frente ao Porto: «Spartak perdeu frente ao Porto, mas com um resultado já melhor: 2-5».

O diário eletrónico Lifenews publica um vídeo onde o treinador do Spartak, Valeri Karpin, se encontra com adeptos enfurecidos depois do jogo.

«Não têm vergonha? Para que pagamos dinheiro? Fo...fo... Ibson, vai para casa! Deviam ter vergonha! Valeri, anda cá», gritavam os adeptos quando a equipa se dirigia para o autocarro.

Não obstante os palavrões que se faziam ouvir na direcção da equipa, Karpin dirigiu-se para os adeptos e disse: «Não estávamos motivados? Criámos 15 oportunidades de golo!»

«Porque jogam na equipa Ibson e Carioca? É uma equipa de impotentes!», gritou um dos adeptos.

«Eles [FC Porto] foram melhores. E os melhores não vêm jogar para a Rússia! Falcão não vem jogar para aqui», retorquiu Karpin, recorrendo também ao calão russo.

«Eles [Zenit de São Petersburgo] têm Bruno Alves e apanharam três de um Twente de merda, f..., e Danny também não foi solução», retorquiu Karpin.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.