O terramoto que atingiu o futebol europeu e mundial na semana passada, chamado Superliga, continua a dar de que falar e esta segunda-feira são relevados mais pormenores do que se viveu nos bastidores durante a onda de críticas à competição criada pela elite.

O 'Daily Mail' revela que os seis clubes ingleses envolvidos no projeto tentaram que o sistema do mesmo fosse alterado, permitindo mais entradas na Superliga além das cinco vagas inicialmente prevista.

Arsenal, Chelsea, Tottenham, Liverpool, Manchester United e Manchester City sugeriram que o número de equipas convidadas passasse a nove, de forma a que a prova fosse vista como mais aberta a outros clubes.

Contudo, e apesar das várias tentativas dos ingleses, a ideia foi sempre rejeitada pelos restantes clubes fundadores e os 'big six' acabaram por abandonar o projeto.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.

Ajude-nos a melhorar o SAPO Desporto