Guarín
«Foi um resultado muito bonito, que nos dá grande ânimo para a segunda-mão. Há que ter calma e jogar concentrados também em Moscovo, para chegarmos à meia-final, mas claro que este resultado nos dá uma enorme motivação»;

Fucile
«O Villarreal é um adversário difícil, mas somos respeitados por eles também. O Villarreal é que tem de estar preocupado connosco»;

Helton
«Conseguimos mais um objectivo e por isso temos de continuar. Sentimos que hoje demos um grande passo, mas só ficaremos felizes quando ouvirmos o apito final na Rússia. Para já mantemos os pés no chão, bem tranquilos».

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.