Jorge Jesus acredita que o seu nome estará na lista dos melhores treinadores do mundo nos prémios da FIFA.

Em entrevista o jornal espanhola 'Marca' o português afirma acreditar que o seu nome surja na lista final, mas que o prémio tem de ir para as mãos de um treinador que já defrontou esta época.

"Quando ganhas troféus, alguns dos melhores no mundo, creio que também temos de valorizar o treinador. Treino uma equipa que ganhou a Liga do Brasil, a Libertadores e que jogou a final do Mundial [de clubes]. (...) Para mim, Jurgen Kloop tem de ser premiado como o melhor do Mundo da temporada, não tenho dúvidas", afirmou.

Jesus falou ainda da Liga Espanhola, uma liga que observa todas os fins de semana e da influência de Cruyff teve na sua carreira.

"É um campeonato do qual gosto muito. Todos os fins de semana vejo os jogos em Espanha e isso influencia-te. (...) No início da minha carreira bebi muito de Cruyff, sempre tive uma paixão por equipas espanholas, mas a que marca a diferença, para mim, é o Barcelona. Sempre me cativou", disse.

Sobre a possibilidade de treinar em Espanha, 'JJ' foge à questão, mas afirma que nunca se sabe o dia de amanhã.

"Neste momento estou numa das melhores equipas do mundo. Não penso noutra equipa, não sei o dia de amanhã", considerou, antes de afirmar que no futebol não é o treinador que escolhe, mas é sim escolhido.

"No futebol não eleges, elegem-te a ti. Estamos sempre à espera que um clube nos chame. Neste momento só penso no Flamengo, nem quero pensar noutra hipótese", acrescentou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.