A Superliga Europeia só foi oficializada no último domingo, mas há muito que se fala dela e um dos que deixou a sua opinião foi Toni Kroos, no passado mês de novembro.

No podcast 'Einfach mal Luppen', que tem com o seu irmão Felix, o jogador do Real Madrid mostrou-se contra a ideia, mas foi mais longe, deixando críticas à FIFA e UEFA.

"Infelizmente, os jogadores não decidem isso. Somos só marionetas da FIFA e da UEFA. Se existisse um sindicato de jogadores, não jogaríamos uma Liga das Nações ou uma Supertaça de Espanha na Arábia Saudita", disse.

O alemão considerou que já existem competições de topo suficientes e que a criação de mais provas tem apenas o aspeto financeiro em mente.

"Estas competições são para tirar o máximo partido financeiramente. Mas eu sou fã de deixar as coisas como estão quando são boas. Juntamente com a Liga dos Campeões, o Mundial e o Europeu, as ligas já são produtos de topo", concluiu.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.