Lionel Messi foi eleito o melhor jogador de 2019 em votação promovida pelo jornal inglês 'The Guardian'.

O argentino, que venceu o prémio 'FIFA The Best' e a Bola de Ouro recebeu um total de 9158 votos, sendo a primiera escolha de 108 dos 239 júris de 63 países que participaram na votação, subindo dois lugares desde o ano anterior e liderando a lista pela quinta vez (depois de 2012, 2013, 2015 e 2017).

Virgil van Dijk sobe 22 lugares quando comparado com o último ano e sobe ao 2.º lugar da lista (8849 pontos), com o seu colega de equipa, Sadio Mané, a completar o pódio (8383p.) com uma subida de 16 postos.

Cristiano Ronaldo cai da 2.ª posição alcançada em 2018 para o 4.º lugar, ficando fora do pódio da listagem pela primeira vez, somando 8172 pontos.

Além de Ronaldo, existem mais três portugueses, dois deles em estreia absoluta.

Bernardo Silva é o segundo melhor português colocado na 16.ª posição da tabela (4503 pontos) subindo 52 lugares num ano.

Segue-se João Félix, na sua estreia na listagem, no 35.º lugar, somando um total de 1497 pontos.

Por fim, o único representante da I Liga: Bruno Fernandes, capitão do Sporting está na 69.ª posição na listagem, somando 331 pontos.

A liga inglesa continua a ser a liga com mais representantes na lista, um total de 37, contra a Liga Espanhola que surge a seguir com menos 16 jogadores (21).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.