O antigo futebolista internacional alemão Christoph Metzelder, que vai ser julgado em 29 de abril, por divulgar imagens de pornografia infantil, “sabe o que fez e vai assumir as suas responsabilidades”, afirmou hoje o seu advogado.

“Ele sabe o que fez, sabe que isso pode ser considerado uma falha e que tem de enfrentar as suas responsabilidades”, disse Ulrich Sommer, em declarações ao canal RTL.

O advogado garantiu que Metzelder “está chocado consigo próprio e por ter tido um tipo de vida dupla”, mas acrescentou que o seu cliente “não é um pedófilo”.

Metzelder está acusado de posse de imagens de pornografia infantil e de as ter enviado a pessoas conhecidas através da aplicação de mensagens instantâneas WhatsApp.

O antigo defesa, de 40 anos, desempenhava funções de treinador na Federação Alemã de Futebol, quando a investigação ao caso foi aberta, em setembro de 2019.

Vice-campeão mundial em 2002, Metzelder somou 47 internacionalizações na seleção germânica, entre 2001 e 2008.

Enquanto jogador, fez quase toda a carreira na Alemanha, onde representou o Borussia Dortmund e o Schalke 04, e, entre 2007 e 2010, alinhou nos espanhóis do Real Madrid.

Depois de terminar a carreira, em 2013, tornou-se diretor de uma agência de publicidade e de uma fundação com o seu nome, que apoia projetos dirigidos a crianças e jovens.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.