A partida entre o Aliança de Gandra-Sobrado ficou marcado por um episódio de violência. Um militar da GNR foi alvo de uma queixa devido a alegadas agressões a um jovem de 16 anos.

Numa partida a contar para a Taça Complementar de Juvenis da AF Porto, que culminou com o triunfo do Aliança, no final, os jovens envolveram-se numa troca de 'argumentos'. No meio da confusão e "sem mais nem menos", o juvenil Miguel Carvalho "foi agredido quando já estava no chão", de acordo com os testemunhos de Abílio Silva e Pedro Carvalho, dirigente do Sobrado e pai do jovem, respetivamente.

Depois da agressão, Miguel Carvalho foi transportado para Hospital apresentando hematomas na zona das pernas e braço. Entretanto, o jovem de 16 anos já teve alta e a família apresentou queixa contra o militar na GNR de Valongo. As lesões serão avaliadas no Instituto de Medicina Legal. A GNR já está a averiguar o caso.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.