A Federação Moçambicana de Futebol informou que Augusto Matine, antigo internacional português e jogador do Benfica e do Vitória de Setúbal, morreu esta terça-feira, aos 73 anos.

"Nascido em Maputo, em Moçambique, Matine somou 9 internacionalizações por Portugal e estreou-se a 10 de Maio de 1970 em Lisboa, frente à Itália, na derrota por 1-2", pode ler-se na publicação da Federação Moçambicana de Futebol, sem esclarecer a causa da morte.

Os moçambicanos lembram ainda que "depois de reformar, Matine tornou-se dirigente de futebol. Teve uma passagem como técnico da Seleção Moçambicana de Futebol, e foi nomeado gestor do Clube Ferroviário de Maputo em 2003. Matine foi igualmente gestor no Grupo Desportivo Maputo até maio de 2012."

Também o Benfica já reagiu à morte de Matine. "Recordado como um jogador de meio-campo de enorme talento, para sempre ficará na nossa memória por tudo o que deu ao nosso Clube", referiram os encarnados numa nota de pesar.

Os encarnados recordam ainda que "Matine atuou pelo Benfica durante quatro épocas (1967/68, 1969/70, 1970/71 e 1972/73), tendo contribuído para a conquista de dois Campeonatos Nacionais (1970/71 e 1972/73), uma Taça de Portugal (1969/70) e uma Taça de Honra (1972/73). O ex-médio alinhou em 95 jogos e marcou um golo (incluindo particulares), tendo ainda alcançado nove internacionalizações por Portugal (oito nos períodos em que envergou o Manto Sagrado)."

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.