Em entrevista ao Canal 11, José Mourinho confessou que tem recusado muitos convites para voltar ao ativo. O técnico explicou que prefere "ser fiel a mim próprio, aos que me amam, aqueles que sempre me seguiram".

"Quero ser fiel a mim próprio, aos que me amam, aqueles que sempre me seguiram. Tenho uma responsabilidade enorme, junto de tanta gente para quem sou uma referência, para tantos jovens para quem fui uma luz. Tenho a responsabilidade de ser José Mourinho até ao último dia. Recusei os mais variados convites para voltar, pois tenho de voltar para onde pertenço, para aquilo que foi sempre a minha vida, que é treinar ao mais alto nível, para ganhar", referiu o técnico, acrescentando.

"Preferia treinar uma equipa do Campeonato de Portugal para ser campeão e subir, do que treinar uma equipa da Liga para a manutenção. É uma coisa quase patológica, mas é uma dívida que tenho para talvez milhões de pessoas."

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.