O primeiro-ministro, António Costa, disse hoje que a magia em campo do antigo futebolista Fernando Gomes, que morreu vítima de doença prolongada, será sempre recordada, em mensagem publicada no Twitter.

"Recordaremos sempre a magia de Fernando Gomes em campo. Perdeu hoje, tristemente, a última batalha. As minhas sentidas condolências à sua família, ao FC Porto e a todos os admiradores do inesquecível 'Bibota'", pode ler-se na nota.

O antigo avançado internacional português Fernando Gomes, vencedor de duas Botas de Ouro e melhor marcador da história do FC Porto, morreu hoje aos 66 anos, revelaram os campeões nacionais de futebol.

Em comunicado publicado no seu sítio oficial na Internet, os ‘azuis e brancos’ expressam “enorme tristeza e consternação” pelo falecimento do ex-dianteiro, que somou 452 jogos, 355 golos e 14 títulos nas duas passagens pelo clube da sua cidade-natal (1974-1980 e 1982-1989), além das distinções de ‘artilheiro’ das Ligas europeias (1982/83 e 1984/85).

Fernando Gomes representou a seleção nacional em 44 jogos, marcando 11 golos de ‘quinas’ ao peito, tendo participado no Europeu de 1984, em França, e no Mundial de 1986, no México.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.