Final de encontro de sufoco para o Sporting. A vencer por 1-0 na partida, 2-0 no cômputo das duas mãos, os leões viram o Nordsjaelland marcar, a nove minutos do fim. Valeu Maniche, já no tempo de compensação, a finalizar uma grande jogada, simples, com um grande golo, e a colocar o Sporting no play-off da Liga Europa.

Os leões até entraram bem na partida, que era a de estreia de Paulo Sérgio em Alvalade, com Postiga a marcar logo aos 29 minutos de jogo e a levar ao rubro os 27 152 espectadores. Mas no final da segunda parte, os nervos estiveram “em franja”, quando o Nordsjaelland marcou.

Na primeira parte, o Sporting teve mais ocasiões de golo, com Postiga, Vukcevic e o reforço Valdés em bom plano e a fazerem mexer o ataque leonino, complementado pelo sempre perigoso Liedson.

E a dupla Postiga-Liedson esteve me grande no momento do jogo. O “Levezinho” rematou forte para defesa do guardião dinamarquês, ganhou o ressalto, deixando para Postiga que aguentou bem a pressão da defesa e fez o 1-0.

Na segunda parte, viu-se um Nordsjaelland mais atrevido, mas à equipa de Morten Wieghorst falta ainda algum traquejo, nomeadamente, na hora de finalizar. O Sporting, mais gestor do jogo, que a vantagem por 2-0 também poderia sugerir, chegou algumas vezes à baliza adversária, mas sem conseguir concretizar.

Destaque para a boa combinação entre Postiga e Liedson, aos 55’, com o avançado luso-brasileiro a rematar forte, mas ao lado, e aos 60’, com João Pereira a tentar a sorte ante Hansen, que estava atento.

Aos 75’, novamente João Pereira a cruzar em para a grande área, onde estava Djaló, substituto de Vukcevic, em boa posição, mas a cabecear muito ao lado.

Pouco depois, Maniche rematou de longe, Hansen agarrou, mas na altura de lançar, o guardião nórdico enviou a bola direita para Djaló, que devolveu para Maniche, mas, mais uma vez, Hansen estava atento.

O golo de honra dos dinamarqueses surgiu logo depois. Adu cruza largo, Polga não chega, com a bola a sobrar para Lawan, que se desenvencilhou de João Pereira e num chapéu perfeito bateu Rui Patrício. Os assobios de imediato se ouviram a Alvalade.E logo a seguir, o Nordsjaelland podia ter empatado a eliminatória, com Rui Patrício a sacudir “in extremis” um cruzamento que podia ser fatal.

Mas Maniche resolveu, já para lá dos 90. Grande abertura de Liedson no meio campo para Pongolle, com o avançado francês a fazer um compasso de espera na esquerda, para cruzar para a entrada de Maniche, que “fuzilou” Hansen.

O Sporting junta-se ao Marítimo, que esta noite venceu o Bangor City, no play-off da Liga Europa, cujos adversários serão conhecidos esta sexta-feira.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.