Está estalada a polémica no Brasil, com o presidente Jair Bolsonaro ainda a desvalorizar a pandemia provocada pelo coronavírus.

Ora, Jonathas de Jesus o primeiro jogador brasileiro infetado com Covid-19 alerta para o teor da mensagem proveniente do Palácio do Planalto e sublinha mesmo que "falar é fácil."

"Como eles [políticos] não pegaram, principalmente o presidente Bolsonaro, falar assim é fácil. É claro que queremos que tudo normalize, há muitas pessoas a perder os empregos, sendo prejudicada no comércio, nas suas empresas. Somos os primeiros que queremos que tudo volte ao normal, mas não é assim. Temos que pensar na saúde das pessoas", afirmou.

O avançado do Elche, da 2.ª divisão espanhola, já tinha revelado os primeiros sintomas e a forma como sofreu nos primeiros dias depois de ter apanhado o vírus.

"Principalmente nos três primeiros dias sofri muito. Não tinha força para nada. Quando fui tomar banho, quase desmaiei. Foi uma dor muito forte, nunca tinha sentido nada assim. Este vírus não é uma brincadeira", alerta, prosseguindo. "Infelizmente, entrei para a estatística como o primeiro atleta brasileiro a ser infetado. E tenho dito para que tomem muito cuidado. Cuidem de si e do próximo, isso é muito importante. Os riscos precisam ser levados muito a sério."

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.