Ricardo Quaresma abriu o marcador na primeira parte, na conversão de uma grande penalidade. Uma vantagem justa, segundo o jogador, pela boa entrada do FC Porto.

“Entramos muito bem, muito fortes, entrámos a pressionar contra uma equipa forte como é o Rio Ave. Sabíamos que para ganhar este jogo teríamos de ser assim. Vamos trabalhar muito para continuar assim”, disse o internacional português na flash interview da Sport Tv.

“Cada jogo tem a sua história, mas os golos acalmam sempre as equipas. Sinto que estou num bom momento e por isso ha que aproveitar”, disse o extremo o portista.

O próximo encontro dos azuis e brancos é para a Liga dos Campeões, na quarta-feira, frente ao Bayern de Munique.

“Agora que acabou o jogo do Rio Ave, já podemos pensar no jogo com o Bayern. Mas há que descansar e recuperar porque vem aí um grande jogo”, referiu.

O FC Porto venceu, este sábado, em Vila do Conde o Rio Ave por 1-3, em jogo da 28.ª jornada do campeonato português. Quaresma (g.p.), Danilo e Hernâni marcaram os tentos portistas. Tarantini foi o que ainda deu alento à equipa da casa, mas não foi suficiente.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.