Em declarações ao portal 'The Athletic', Rafael Da Silva, lateral de 30 anos, recordou a passagem pelo Manchester United, criticando veementemente Louis van Gaal com quem trabalhou em 2004

O agora jogador do Basaksehir explica por que é que Van Gaal é "um dos piores técnicos" que encontrou ao longo da carreira.

"(...) Eu não queria acreditar quando me disseram que ele não gostava dos brasileiros, por causa do estilo. No primeiro dia ele não falou comigo e depois disse-me no outro dia: 'Podes ir embora'. Eu nem sequer tinha treinado com ele ", referiu o jogador que recorda o ano duro que passou, mesmo sabendo que não iria ser opção.

"Tentei lutar pelo lugar, mas foi muito duro. Ele é uma das piores pessoas com quem trabalhei", acrescentou.

Rafael Da Silva também recorda que o hábito que o holandês tinha em dar puxões de orelha aos jogadores durante as refeições, tudo para "mostrar que sabia falar", recorda o defesa de 30 anos.

"Todos os dias, fosse ao pequeno-almoço, almoço, jantar, falava durante 15 minutos. Falava sobre tudo. O discurso dele: Tu respeitas-me e fazes como eu quero. Os jogadores cansavam-se desse discurso," atirou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.