Robert Lewandowski nunca esteve tão perto de vencer a Bola de Ouro da France Football como esta época. O polaco venceu tudo o que havia para vencer, inclusive a Liga dos Campeões, prova onde foi o melhor marcador com 15 golos. O craque do Bayern Munique terminou a época 2019/20 com 55 golos marcados em jogos oficiais. Insuficiente para vencer a Bola de Ouro já que este ano, o prémio não será atribuído.

"Vencemos tudo o que havia para vencer. Eu fui o melhor marcador em todas as competições. Penso que se um jogador conseguiu tudo isso, deveria vencer a Bola de Ouro", confessou o jogador ao portal polaco 'Onet'.

A caminhada para a conquista da Liga dos Campeões ficou marcada por uma goleada de 8-2 frente ao Barcelona. O craque confessou que o grupo já sabia que iria vencer os blaugrana.

"Antes do jogo, sabíamos que íamos derrotar o Barça. Alguns disseram mesmo que seria por 5-1, mas por 8-2 é algo completamente diferente. Estávamos muito confiantes", apontou.

A France Football decidiu não atribuir a Bola de Ouro esta época devido a pandemia de COVID-19.

"Não foi uma decisão tomada de ânimo leve, mas tivemos que aceitar que não poderia haver um vencedor de Bola de Ouro normal ou típico, e o que realmente nos preocupava era que não seria premiado de maneira justa. É um ano tão estranho que não conseguimos tratá-lo como um ano comum. Começamos a conversar sobre [tomar esta decisão] há pelo menos dois meses", disse Pascal Ferre, editor da France Football, numa entrevista por telefone à Associated Press.

"Circunstâncias excecionais levaram a uma decisão excecional", disse ainda Pascal Ferre, que confirmou também os cancelamentos do troféu Kopa, destinado a premiar o melhor jogador com menos de 21 anos, e o prémio Lev Yashin, para o melhor guarda-redes.

O argentino Lionel Messi, do FC Barcelona, com seis troféus – mais um do que o português Cristiano Ronaldo, da Juventus – é o jogador que mais vezes recebeu o galardão Bola de Ouro, destinado a distinguir anualmente o melhor futebolista do mundo.

Messi, Ronaldo, Robert Lewandowski, Kylian Mbappe e Neymar eram alguns dos principais candidatos ao troféu.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.