A média Dolores Silva frisou que a seleção feminina de futebol se encontra com os níveis de foco “altamente elevados” para defrontar a Bélgica, na primeira ronda do ‘play-off’ europeu de qualificação para o Mundial2023.

“Estamos com os níveis de foco altamente elevados. Sabemos da importância do jogo e do que representa para nós. É um momento muito importante para a nossa seleção e estamos altamente focadas para conseguir o objetivo”, apontou a atleta, de 31 anos.

Dolores Silva lembrou que a Bélgica atingiu os ‘quartos’ no derradeiro Campeonato da Europa, no qual apresentou “bons resultados”, para dar conta de que “também é uma seleção forte” e que vai querer alcançar o mesmo objetivo de estar na segunda ronda.

“O nosso objetivo vai ser o mesmo de sempre, que é encarar este jogo com o máximo de respeito pelo adversário, mas, acima de tudo, respeito pelo que somos e pelo que temos construído, mantendo os pés bem assentes na terra e dar tudo, mais uma vez, para representar Portugal da melhor maneira possível”, afirmou a ‘capitã’ da seleção.

A formação das ‘quinas’ necessita de vencer a Bélgica para discutir, na segunda ronda, o acesso ao Mundial com a Islândia, em dois encontros disputados em solo português.

“Contamos com o apoio dos nossos adeptos nas bancadas. Da última vez, em Vizela, correu muito bem e tivemos muita gente presente. É isso que pretendemos, que quinta-feira possam aparecer vários portugueses. Contamos com toda a gente e, oxalá, possamos fazer um grande jogo e alcançar uma grande vitória para as nossas ambições”, realçou.

A equipa das ‘quinas’ recebe na quinta-feira a Bélgica, a partir das 18:00, no Estádio do Vizela, na primeira ronda do ‘play-off’ continental de apuramento para o Mundial2023.

Em caso de triunfo, a seleção portuguesa enfrenta a Islândia na segunda ronda, em 11 de outubro, também a partir das 18:00, em Paços de Ferreira, num jogo em que, caso também vença, qualifica-se para o Mundial se for uma das duas melhores (pontos na fase de grupos, com primeiro, terceiro, quarto e quinto, e segunda ronda do ‘play-off’).

Caso consiga o apuramento, mas como o pior dos apurados, Portugal seguirá para um ‘play-off’ intercontinental, na Nova Zelândia, que ditará as derradeiras três vagas, com China Taipé, Tailândia, Camarões, Senegal, Papua Nova Guiné, Haiti, Panamá, Chile e Paraguai.

A fase final do Campeonato do Mundo será realizada na Austrália e na Nova Zelândia, de 20 de julho a 20 de agosto de 2023.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.