Aquando da detenção, em Génova, a polícia descobriu que o grupo de quatro ladrões, com idades compreendidas entre os 20 e os 46 anos, tinha na sua posse informações detalhadas sobre o técnico português, entre fotografias, escutas, gravações e a morada do treinador.

José Mourinho já foi informado desta situação pelas autoridades transalpinas e ainda hoje vai reunir com elas. Apesar da detenção, o técnico do Inter de Milão já tomou as devidas precauções tanto para si como para a sua família, já que a possibilidade de rapto não foi descartada.

Para além do treinador do Inter de Milão, a polícia informou que quatro jogadores do Atalanta estavam sob vigilância deste gang macedónio.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.