23 de junho de 1984. O dia nasceu para Jordão ser herói. Portugal media forças com a favorita França, na meia-final do Europeu de futebol que os gauleses organizaram. Depois dos empates com a Espanha e a Alemanha e a vitória frente a Roménia na fase de grupos, os 'Patrícios', estavam a um jogo da final da prova.

A carreira de Jordão em imagens

No Stade Vélodrome, em Marselha, a equipa de Manuel Cabrita começou a perder quando Jean-François Domergue fez o 1-0, aos 24 minutos.

Num jogo onde guarda-redes Bento estava a ser o herói dos portugueses, Rui Jordão 'roubou-lhe' o protagonismo: empatou o jogo aos 74 minutos, num cabeceamento e adiou tudo para o prolongamento, onde deixou Portugal com um 'pé e meio' na final, 98 minutos, num remante onde fez a bola bater no chão e passar por cima da cabeça do guarda-redes Jöel Bats.

Mas aos 114, Domergue bisou no encontro e empatou o França-Portugal a duas bolas para, no derradeiro minuto dos 120, Platini colocar os gauleses na final, 'roubando' assim o sonho aos 'Patrícios', numa noite onde Rui Jordão tinha tudo para ser herói.

A França estava na final, onde viria a derrotar Espanha por 2-0.

Veja o resumo do França 3-2 Portugal, do Euro1984.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.