Adianta o JN, na edição deste sábado, que os crimes praticados nos recintos desportivos estão a aumentar.

Os incidentes referem-se a posse e uso de artefactos pirotécnicos, assim como injúrias, agressões, roubos, incitamento à violência ou a racismo.

Contudo, a mesma publicação refere que o aumento dos casos também se deve a um aumento do policiamento que levou ao crescimento das participações criminais.

Adianta o DN, que existem dezenas de pessoas proibidas de entrarem em estádios de futebol. por terem sido condenadas em tribunal ou como ação preventiva por ordem do Instituto Português do Desporto e da Juventude.

Ainda assim, fonte da GNR, citado pelo JN assume que é difícil por vezes controlar essas entradas.

"Normalmente são indivíduos referenciados e conhecidos e todas as semanas são enviados relatórios actualizados. Mas não é fácil, no meio de três ou quatro mil pessoas, ou 200 ou 300 que sejam, identifica-los".

Desde o inicio da época, até Março foram registados 2578 incidentes em recintos desportivos, 2394 relacionados com o futebol.

De acordo com dados da PSP, houve um aumento de 26% de incidentes em relação à época transata. Em dois anos, registaram-se 5700 incidentes em recintos desportivos.

*Artigo atualizado ao 12h10.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.