Os jogos do campeonato de futebol do Rio de Janeiro, que incluem o Flamengo, de Jorge Jesus, podem ter um terço de espetadores nas bancadas a partir de 10 de julho, autorizou a prefeitura da cidade.

O decreto, publicado no final da semana, autoriza o regresso dos espetadores de forma faseada: primeiro um terço, depois dois terços a partir de 01 de agosto e jogos sem restrições de assistência a partir de 16 de agosto.

No estádio do Maracanã, onde joga o campeão Flamengo, um terço da capacidade corresponde a 22.000 espetadores.

No decreto é sublinhado que os espetadores nas bancadas devem cumprir um distanciamento de quatro metros, mas não é dada informação em relação ao processo de aquisição de bilhetes, nas vendas via internet.

Apesar da crise vivida com a pandemia da covid-19, sendo o Brasil o segundo país com mais casos e mortes no mundo, atrás dos Estados Unidos, o campeonato ‘carioca’ foi o primeiro a retomar na América do Sul, com jogos à porta fechada.

O país contabiliza 57.070 mortes e mais de 1,3 milhões de casos de pessoas que foram diagnosticadas com o novo coronavírus, e o regresso do campeonato originou a contestação de alguns clubes, com Fluminense e Botafogo a recorrerem à justiça.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 495 mil mortos e infetou mais de 9,87 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.