Bruno Fernandes, antigo campeão do Flamengo, e que foi condenado a mais de 20 de prisão pelo homicídio da ex-namorada, Eliza Samúdio, em 2010, tem uma proposta do Poços de Caldas FC, um clube da 3.ª divisão do campeonato mineiro.

O jogador vai precisar de uma autorização especial, pois encontra-se a cumprir um regime domiciliário semiaberto há certo de um mês.

Foi um dirigente do clube que o confirmou em declarações ao 'Globo Esporte'.

"Sim, é verdade, o Bruno é a nova contratação do Poços de Caldas Futebol Clube. Ele vai assinar o contrato no dia da apresentação, que deve ocorrer dentro de uns seis dias. Estamos a construir o grupo e a fazer outras contratações", acrescentando que o jogador deve "provavelmente começa a treinar já na próxima semana" e fica dependente das "autorizações necessárias".

Questionado sobre se o jogador teve autorização para se mudar de região, o presidente do Poços passou a bola para o departamento jurídico e para o representante jurídico do jogador.
Bruno foi preso em setembro de 2010 e condenado em março de 2013 a 20 anos e 9 meses de prisão pelo homicídio de Eliza Samudio e pelo sequestro do filho, Bruninho.

Foi libertado em 2017, chegou a voltar aos relvados, mas acabou ver a liberdade revogada. Agora foi-lhe concedido um regime simi-aberto.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.