Alexandre Pato afirmou que os responsáveis pelas lesões que sofreu foram os médicos do AC Milan. Em declarações ao jornal brasileiro Estado de São Paulo, o avançado revelou que no clube italiano tinha de voltar aos campos demasiado cedo.

"Quando comecei a ter as lesões, viajei para todos os lugares e fiz o que tinha de fazer, mas o período de transição para o campo não foi bem feito. O trabalho que fiz aqui no Brasil poderia ter sido feito lá. Algumas lesões foram fruto do excesso de esforço que eu tentei fazer, mas lesões mesmo não tive nem duas sérias, embora a Imprensa italiana muitas vezes dissesse o contrário", afirmou Alexandre Pato.

O jogador do São Paulo acrescentou ainda que a ida para o Brasil o ajudou muito a recuperar a forma física. Para o avançado de 25 anos, a grande questão pendeu sobre a forma de transição.

"Quando vim para o Brasil, numa semana estava bem. Muitas pessoas achavam que [o problema] era eu, mas felizmente os exames mostraram que o trabalho de transição foi mal feito. Deveriam ter feito de uma forma em que eu pudesse continuar a jogar".

Alexandre Pato chegou esta época ao São Paulo por empréstimo do Corinthians. O internacional brasileiro foi jogador do AC Milan durante seis temporadas sendo que, nas últimas duas, foi muito fustigado por lesões.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.