Continua a não correr da melhor forma a vida do Flamengo nos primeiros jogos da era pós-Jorge Jesus. Desta feita o conjunto carioca foi além de um empate a um golo na receção ao Grémio, em partida referente à quarta jornada do Brasileirão.

Foi o quarto jogo disputado pelo 'Fla' desde a saída de Jorge Jesus e sob as ordens do novo treinador, o espanhol Domènec Torrent. O registo, nessas quatro partidas, todas a contar para o Brasileirão, é de duas derrotas, um empate e apenas uma vitória. Números que deixam o campeão brasileiro e sul-americano num muito modesto 16.º lugar na tabela classificativa.

Gabriel Barbosa, que voltou aos golos ao apontar, de grande penalidade, aos 89 minutos, o tento que evitou a derrota do Flamengo, depois Pepê de ter dado vantagem ao Grémio no final da primeira parte, pediu calma no final do encontro.

"Vivemos em 2019 um ano perfeito, que nenhum clube brasileiro conseguiu. Há que entender que é um início de trabalho, tivemos poucos dias para treinar. Temos que ter paciência e os pés no chão. Os jogadores vão dar a vida até o final. Nós vamos melhorar", assegurou Gabigol. "O treinador tem o nosso apoio e a nossa confiança. Sabemos que este início está a ser difícil para ele, mas estamos a criar uma união. Confiamos nele", sublinhou Gabibol.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.