O Palmeiras, treinado pelo antigo selecionador de Portugal Luiz Felipe Scolari, sagrou-se hoje campeão brasileiro de futebol pela 10.ª vez, ao vencer no estádio do Vasco da Gama por 1-0.

Na 37.ª e penúltima jornada do campeonato, o ‘Verdão’ teve no antigo jogador do Benfica B e Belenenses Deyverson o herói do título, ao marcar o único golo do encontro, aos 72 minutos, numa época em que terminou em segundo o campeonato Paulista e foi eliminado nas meias-finais da Taça do Brasil e da Taça Libertadores.

O Palmeiras, que detém cinco pontos de vantagem sobre o Flamengo, a uma ronda do fim do campeonato, tinha sido campeão pela última vez em 2016, num ano em que colocou um ponto final a uma seca de 22 anos desde a conquista do último ‘Brasileirão’.

‘Felipão’ chegou ao cargo de treinador do clube em 03 de agosto, já com o campeonato a decorrer, substituindo Roger Machado, despedido em 25 de julho, e o técnico interino Paulo Turra, antigo jogador de Boavista e Vitória de Guimarães.

Como selecionador português, Scolari levou a equipa das ‘quinas’ à final do Euro2004, perdida para a Grécia num torneio disputado em solo luso, antes de atingir o quarto lugar no Mundial2006.

Este foi o primeiro título do técnico, campeão do mundo pelo Brasil em 2002, no regresso ao Palmeiras, que orienta pela terceira vez e já levou à conquista de vários títulos, entre os quais a Taça Libertadores (1999) e duas Taças do Brasil (1998, 2012).

Em 1995, Scolari ganhou a Taça Libertadores com o Grémio, com o qual venceu o primeiro campeonato brasileiro (1996), num currículo que contempla ainda três Ligas da China e uma Liga dos Campeões asiática, com Guangzhou Evergrande, e uma Taça das Confederações, ainda no Brasil, em 2013.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.