O Bayern Munique despediu hoje o treinador holandês Louis van Gaal, depois do empate (1-1) com o Nuremberga em jogo da Liga alemã de futebol, que colocou em causa o apuramento para a Liga dos Campeões.

«Depois do empate em Nuremberga e da nossa passagem do terceiro para o quarto lugar, nós tomámos a decisão de colocar fim ao contrato de Louis van Gaal, porque o nosso objectivo mínimo para a época, a qualificação para a Liga dos Campeões, está em perigo», refere o clube, em comunicado divulgado no seu sítio oficial na Internet.

O antigo treinador de Ajax e Barcelona, que comandava os bávaros desde Julho de 2009, deveria abandonar os campeões alemães em título no final da presente temporada, um ano antes do final do seu contrato.

Até ao final da temporada, o Bayern vai ser orientado por Andries Jonker, adjunto de Van Gaal, e será assistido por Hermann Gerland, treinador da equipa de reservas, até que Jupp Heynckes, que treinou o Benfica na época 1999/2000 e actualmente no Bayer Leverkusen, assuma o comando técnico da formação.

Além da modesta prestação interna, o Bayern foi afastado nos oitavos de final da Liga dos Campeões pelo Inter Milão, depois de ter conseguido em 2009/10 uma temporada praticamente perfeita com a “dobradinha” (campeonato e taça) e a chegada à final da “Champions”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.