Dois golos do avançado português Tiago Tomás foram hoje insuficientes para impedir a derrota por 4-2 do Estugarda no estádio do Bayer Leverkusen, que consolidou o terceiro lugar da Liga alemã de futebol, à passagem da 22.ª jornada.

Tiago Tomás marcou pela primeira vez aos 49 minutos, com um forte remate cruzado, depois de, aos 41, Moussa Diaby ter inaugurado o marcador para o Leverkusen, que ficou em boa posição para assegurar o triunfo quando Amine Adli, aos 52, e Florian Wirtz, aos 86, aumentaram a vantagem para 3-1.

O avançado, que está emprestado pelo Sporting ao Estugarda (17.º e penúltimo classificado), ainda reduziu, aos 88 minutos, na recarga após um remate de Alexis Tibidi ao poste, antes de Patrik Schick, segundo melhor marcador da Bundesliga, com 19 golos, fixar o resultado final, aos 90.

O Leverkusen cimentou o terceiro lugar e colocou-se a apenas dois pontos de distância do Borussia Dortmund, segundo classificado (que se desloca no domingo ao estádio do Union Berlim), e reduziu para 11 o atraso relativamente ao líder Bayern Munique, derrotado por 4-2 em Bochum.

O ponta de lança polaco Robert Lewandowski, melhor marcador da prova, com 26 tentos, ainda abriu o marcador a favor dos bávaros, logo aos nove minutos, mas a resposta dos visitados foi implacável, com golos do ganês Antwi-Adjei (14), do holandês Jurgen Locadia (38), na conversão de uma grande penalidade, do costa-riquenho Cristian Gamboa (40) e Gerrit Hotmann (44).

No segundo tempo, a 15 minutos do apito final, Lewandowski marcou novamente e deu uma ligeira esperança ao Bayern, tendo ainda cobrado um livre direto que levou a bola em embater em cheio na trave do 11.º posicionado do campeonato.

O Friburgo, que na sexta-feira viu o Leipzig passar a ocupar o quarto posto, de acesso direto à ‘Champions’, desperdiçou a oportunidade de defender o lugar que era seu, face à igualdade a um golo diante do Mainz.

Passa a ocupar o quinto posto, com os mesmos 34 pontos da equipa do ponta de lança luso André Silva e do Union Berlim.

Com o internacional português Gonçalo Paciência em campo a partir do minuto 70, o Eintracht Frankfurt (10.º, com 31) perdeu por 2-0 na receção ao Wolfsburgo (12.º, com 27), que marcou por Max Kruse (28) e Dodi Lukebakio (90+3).

De regresso aos triunfos está o Borussia Mönchengladbach, após três jogos sem vencer na prova. Os médios Kouadio Kone (30) e Jonas Hofmann (46) e o defesa Bensebaini (67) marcaram os golos que valeram a vitória diante do ‘aflito’ Augsburgo (3-2), que ainda reduziu por Iago (55) e Finnbogason (90+3).

O Greuther Fürth, lanterna-vermelha da Bundesliga, ultrapassou em casa o Hertha Berlim (2-1), que não vence há cinco partidas, graças a um ‘bis’ do sueco Branimir Hrgota (01 e 71 minutos).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.