Continua a especulação em torno do futuro de Erling Haaland no Borussia Dortmund. O avançado norueguês era um dos principais alvos do mercado no último verão mas acabou por ficar no emblema alemão. No entanto, a imprensa internacional coloca-o como de saída do Borussia Dortmund em janeiro ou no mercado de verão.

Hans-Joachim Watzke, CEO do clube alemão falou do futuro do possante avançado, em entrevista ao canal Sport1.

"Ainda não decidimos se vamos vender Haaland. Alguns especialistas dizem, 'estão no mercado de valores, vão ter de vender o Haaland no verão', mas isso é uma conversa de merda. A decisão de algum jogador ser vendido é feita única e exclusivamente pela administração", garantiu o dirigente.

"Mais cedo ou mais tarde, ele irá jogar num dos melhores clubes do mundo, embora já esteja a jogar num dos melhores. Mas sei que o Real Madrid o seduz. A chave está com Haaland. Não sinto-me nem otimismo nem pessimismo em relação à sua saída", completou.

De acordo com a imprensa internacional, Haaland tem uma cláusula de rescisão de 75 milhões de euros. Real Madrid, Paris Saint-Germain, Manchester United e Manchester City são alguns dos interessados nos seus serviços.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.