A liga alemã de futebol (DFL) aprovou a possibilidade de as equipas fazerem cinco substituições por jogo, em vez das habituais três, nas restantes nove jornadas da temporada 2019/20, interrompida pela pandemia de COVID-19.

Esta medida, autorizada pela FIFA e após a concordância do Internacional Board (IFAB), vai de encontro às advertências médicas, de forma a evitar lesões e desgastes dos futebolistas, que regressam aos relvados na Alemanha no sábado, para os jogos da 26.ª jornada.

As cinco alterações podem ser feitas em três momentos do jogo, incluindo o intervalo, sendo que se as duas equipas fizerem substituições em simultâneo esta vai contar para ambas, ficando só com mais uma possibilidade de alteração.

A Liga alemã, liderada pelo Bayern Munique, é o primeiro grande campeonato na Europa a retomar a atividade, enquanto Inglaterra, Espanha e Itália ainda estão em fase de estudo e Portugal tem previsto o regresso em 04 de junho.

Em sentido oposto, a França e os Países Baixos decidiram cancelar os respetivos campeonatos.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de COVID-19 já provocou mais de 297 mil mortos e infetou mais de 4,3 milhões de pessoas em 196 países e territórios. Mais de 1,5 milhões de doentes foram considerados curados.

Em Portugal, morreram 1.184 pessoas das 28.319 confirmadas como infetadas, e há 3.198 casos recuperados, de acordo com a Direção-Geral da Saúde.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.