Manfred Amerell, 62 anos, considerado o porta-voz dos árbitros alemães, pediu demissão no passado dia 4 de Fevereiro, oficialmente por "motivos de saúde".

No entanto, descobriu-se que ele é alvo de uma investigação interna por assédio sexual a Michael Kempter, 27 anos, o mais jovem árbitro em actividade do Campeonato Alemão e árbitro internacional pela FIFA desde Dezembro.

"A DFB quer esclarecer o caso rapidamente e com firmeza, mas com responsabilidade. Não queremos julgar sem contar com todos os elementos, nem minimizar os factos", disse um porta-voz da federação alemã à agência desportiva SID, filial da AFP.

Questionado esta quarta-feira pelo canal desportivo DSF, Amerell classificou as acusações de "fantasias e sem fundamento".

O escândalo já obrigou outro dirigente federal, o vice-presidente encarregado das questões de arbitragem Rainer Koch, a pedir demissão na quarta-feira.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.