Um ‘poker’ do jovem prodígio norueguês Erling Haaland valeu hoje ao Borussia Dortmund a reviravolta e goleada por 5-2 em casa do Hertha Berlim, tendo subido ao segundo lugar da Liga alemã de futebol.

Com o líder Bayern Munique e o Leipzig a ‘tropeçar’, com empates por 1-1, o Dortmund e o Bayer Leverkusen foram quem melhor aproveitou a oitava jornada, seguindo agora igualados no segundo lugar com 18 pontos, a um dos bávaros e com mais um do que o Leipzig.

O brasileiro Mateus Cunha, com forte remate de fora da área, colocou o Hertha de Berlim na frente ao intervalo, porém o ‘Golden Boy’ de 2020, distinção hoje conhecida, deu a volta ao jogo com quatro golos.

Aos 47, igualou, dois minutos depois consumou a reviravolta e aos 62, aproveitando um mau atraso adversário, praticamente sentenciou a partida a favor da equipa do português Raphaël Guerreiro, que faria o quarto aos 70.

Matheus Cunha ainda reduziu, de penálti, aos 79, mas no mesmo minuto o norueguês voltaria a colocar a diferença em três golos.

Haaland segue com 10 golos, sendo para já o segundo melhor marcador da prova, a um de Robert Lewandowski, do Bayern Munique.

Aos 85 minutos, fez-se história na Bundesliga, com a estreia do jovem do Borussia Youssoufa Moukoko, com somente 16 anos e um dia, quando as regras do campeonato exigem como idade mínima os 16. Nas últimas três épocas nos escalões jovens, Moukoko fez 141 golos em 88 jogos.

O Leipzig não foi além de um empate 1-1 em casa do Eintracht Frankfurt de André Silva, desperdiçando o ‘tropeção’ do Bayern Munique horas antes e a possibilidade de o igualar no comando.

O marroquino Aymen Barkok adiantou o Eintracht, aos 43 minutos, mas o Leipzig reagiu no segundo tempo, igualando aos 57 minutos pelo dinamarquês Yussuf Poulsen.

Um Bayern Munique a meio gás cedeu o primeiro empate na prova - tinha seis triunfos e uma derrota –, que ditou a perda dos primeiros pontos, em 10 anos, para o Werder Bremen, que se adiantou no marcador aos 45 minutos, em remate cruzado de Maximilian Eggestein.

Num dos seus desafios de menor fulgor ofensivo, o Bayern, que ainda atirou uma bola à trave, empataria aos 63, em cabeceamento fácil, ao segundo poste, de Kingsley Coman.

O Bayer Leverkusen também aproveitou a jornada, com difícil triunfo por 2-1 em casa do Arminia Bielefeld.

O jamaicano Leon Bailey colocou os forasteiros no comando, aos 27 minutos, porém, um lance infeliz do guarda-redes finlandês Lukas Hradecky (47), resultou em igualdade, que só seria desfeita aos 88, com tento do defesa austríaco Aleksandar Dragovic.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.