Com cinco títulos no currículo, o último deles conquistado em 2007, no primeiro ano do português Fernando Meira como capitão de equipa, o Estugarda é penúltimo e vive um dos piores momentos da sua história, tendo somado apenas dois pontos nos últimos seis jogos.

Três golos de Mário Gomez (31, 52 e 54 minutos), e outros dois de Thomas Muller (46) e Franck Ribery (43) coloriram a vitória dos campeões germânicos, embora alguns tenham ainda pensado numa reviravolta quando Christian Gentner reduziu para 3-5 a 20 minutos do fim, depois do “bis” do austríaco Martin Harnik (49 e 65).

Apesar da vitória folgada, o Bayern de Munique continua ainda muito distante (quinto lugar, a 14 pontos) do líder Borussia de Dortmund, agora a confortáveis dez pontos do novo perseguidor direto, o Mainz, que sábado foi ganhar 4-2 na visita ao Sainkt Pauli.

O Bayer Leverkusen, que entrava para esta ronda a oito pontos do comandante, cedeu, este domingo, um empate 2-2 na recepção ao Friburgo e bem pode agradecer Patrick Helmes, que evitou males piores quando recolocou a igualdade no marcador a 15 minutos do fim, fechando o resultado final.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.