O veterano treinador alemão referiu, esta sexta-feira, que só aceitou treinar o Bayern de Munique por ser o Bayern de Munique.

“Não iria regressar a mais nenhum clube no mundo, mas o Bayern está muito próximo do meu coração. A minha equipa técnica irá agora fazer tudo o que for possível para trazer de volta futebol de sucesso para os adeptos. Estou realmente motivado para este desafio”, disse Jupp Heynckes, em declarações ao site do emblema de Munique.

Retirado do futebol desde que, ao comando dos bávaros, venceu a Liga dos Campeões de 2013, o antigo treinador do Benfica disse numa recente entrevista que 'está em forma' e que ainda é 'capaz de assumir o cargo'.

Em 2013, Heynckes escreveu uma das principais páginas da história do Bayern de Munique, ao vencer, na mesma temporada, campeonato, Taça da Alemanha e Liga dos Campeões.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.