Jupp Heynckes pôs esta terça-feira fim às dúvidas quanto ao futuro da sua carreira como treinador. O alemão que treinou o Benfica revelou que teve propostas para continuar no banco, mas que decidiu retirar-se de vez do papel de técnico.

«Os últimos dois anos foram muito intensos, apenas vivi para o futebol. Por isso, não vou treinar mais, apesar de ter recebido propostas de clubes importantes», disse Heynckes.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.