"Era um grande guarda-redes e foi uma perda para a equipa e para todo o futebol internacional. Lamento muito pela sua família também, amigos, colegas de trabalho e por todos aqueles que o admiravam. Deixo as minhas condolências sinceras, mas fico meio sem palavras para comentar o que aconteceu", disse Hugo Almeida, lembrando que conhecia Enke dos jogos em que se defrontaram para a liga alemã.

O ex-jogador do Benfica nas épocas de 1999/2002 suicidou-se, ontem ao final da tarde, numa passagem de nível em Eilvese, Alemanha, perto da sua casa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.