O defesa central do Bayern de Munique, Mats Hummels, revelou que o comportamento dos adeptos alemães piorou, depois do caso do treinador italiano Carlo Ancelotti que levou uma cuspidela em Berlim.

"Em geral, o comportamento em relação aos jogadores tornou-se cada vez mais desrespeitoso nos últimos dez anos", revelou Hummels, em declarações à revista desportiva ´Bild´.

"Os adeptos têm cada vez menos vergonha de insultarem os jogadores. Muitos adeptos projetam as suas frustrações nos jogadores e nos treinadores e são abusivos. Isso transforma-se em insulto ou até em casos de cuspidela", acrescentou o defesa.

Ancelotti levou uma cuspidela na partida do Bayern Munique contra o Hertha Berlim, na capital alemã, quando se dirigia para os balneários, depois do empate dos bávaros nos instantes finais do jogo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.